Eu amo-Vos Jesus pela multidão que se abriga dentro de vós, que ouço, com todos os outros seres, falar, rezar, chorar, quando me junto a Vós.
TEILHARD DE CHARDIN

sábado, 22 de junho de 2013

Dai-nos, Senhor ,um coração que se entregue...




Quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai em segredo. (Mt 6,6)


A  vida de hoje em que o tempo é um bem precioso e cada vez mais escasso,em que as obrigações profissionais e familiares exigem tanto de nós é muitas vezes difícil retirar-mo-nos para o nosso quarto e fechar a porta,para orar.

Mas há um quarto que sempre está disponível e próximo,qualquer que seja a nossa situação.

No nosso quarto interior,no  mais profundo do nosso ser ,entramos sempre que quisermos e em qualquer lugar ou tempo .

É no  nosso  coração que está o maior  tesouro. Certamente, onde estiver o meu tesouro, aí também estará o meu coração (Mat. 6:21) e a palavra de Deus 835 vezes cita o coração como  centro da pessoa humana.,nele se faz o nosso equilíbrio interior ou exterior e é sempre usado para simbolizar o mais importante, o mais íntimo, o mais essencial  de nós.

É nele que podemos retirarmo-nos em oração como se de cela de mosteiro se tratasse,fechando a porta aos pensamentos e ideias ,para abandonarmos a alma ,numa entrega de si mesma ao convívio pleno com o Amado.

E aí vigilantes na esperança,confiantes na misericórdia voltamos e voltamos até "que desponte o dia e a estrela da manhã brilhe em nossos corações". (2 Ped 1,19)

Sem comentários: