Eu amo-Vos Jesus pela multidão que se abriga dentro de vós, que ouço, com todos os outros seres, falar, rezar, chorar, quando me junto a Vós.
TEILHARD DE CHARDIN

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Apocalipse ...




  • Assaltam-nos diáriamente mensagens com cenários apocalipticos,avisos e visões que anunciam o fim dos tempos,como se nada tivessemos já a esperar ou a viver.
  • Jesus inicia a sua pregação com o anúncio do Reino…151 vezes o Reino é citado no Novo Testamento,o que mostra a sua importância. Não é possivel adoptarmos uma espécie de dormição piedosa como se de um sonho impossivel se tratasse e acomodar-mo-nos a uma vivência pessoal e solitária de Deus ,em desistência de uma transformação comugante do mundo e da sociedade em que estamos imersos, como um fermento actuante e vivo.

Jesus não faz de Si,mas do Reino o objectivo a alcançar que é também o nosso urgente e imediato objectivo.



  • Mas o que é o Reino? Como está entre nós e ao mesmo tempo o pedimos em oração? O Reino está em gestação na história, mas a sua plenitude está para lá da história. No Pai-Nosso, Jesus ensina os discípulos a pedirem ao Pai a vinda do Reino (Mt 6, 10; Lc 11, 2).

  • Mas como presente na história dos filhos dos homens significa busca constante.


    • Vale a pena lutar por ele porquê? Vamos arrependermo-nos em metanoia de continuidade, renunciando a tantas coisas que proporcionam prazer imediato para quê?

    "É como está escrito: Coisas que os olhos não viram, nem os ouvidos ouviram, nem o coração humano imaginou (Is 64,4), tais são os bens que Deus tem preparado para aqueles que o amam". (1Cor 2,9)

    • E assim fica a nossa alma formosa, lançando raios e feita mui semelhante a Deus. Frei Bartolomeu dos Mártires,beato

    2 comentários:

    Alma rebelde disse...

    Que engraçado,ainda ontem estive a ler sobre o Apocalipse.
    Bem-aventurados aqueles que acreditam que o Amor do Pai supera todas as tribulações.Penso que este livro deveria ser interpretado de uma outra maneira,diferente daquela que nos queriam impingir sofre o fim do mundo.
    Devemos manter a esperança que outros céus e outra terra melhor aguradam para todos os que sabem que apenas aqui estamos de passagem,só viemos deixar a bagagem...e não é pouca!!!!....
    Abraços fraternos

    Maria - Portugal disse...

    O Apocalipse foi um livro escrito na clandestinidade para animar a jovem comunidade de Roma perseguida por um imperador cruel.

    Por isso usa tantas imagens e metáforas para indicar o imperador e a própria cidade.

    Na verdade, devemos manter a esperança que nos salva,porque o cordeiro imolado está lá e nos espera.Ele que tira os pecados do mundo!

    Aqui estamos, realmente,de passagem mas para cumprir a missão de desenvolver os talentos,que nos
    foram dados