Eu amo-Vos Jesus pela multidão que se abriga dentro de vós, que ouço, com todos os outros seres, falar, rezar, chorar, quando me junto a Vós.
TEILHARD DE CHARDIN

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

O mês de Maria


Este é por excelência o mês de Maria, da jovem desposada de Nazaré.
A menina da Galileia, que como todas as outras ,ardentemente esperava o salvador de Israel.
Surpreendida por Gabriel,a comunicação diferente das Escrituras não inibiu o seu sim depois da resposta do Anjo…. para Deus era o faça-se inteiro ,mesmo com os riscos envolventes.
O filho de Deus, que crescia no seu ventre, não a deixou parada em contemplação …saíu por montes e vales à procura de quem dela precisava.
E um cântico de confiança, de libertação saiu da sua boca.
Em breve chegaria a noite, a mais longa noite da Palestina, onde nada existe a não ser o Amor - cantavam os monges do Atlas.
Noite rasgada em clarões de luz brilhante pela vinda de Deus-Pessoa ontem,hoje,amanhã…O sempre connosco.
mjb
imagem da net

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Natal...

Jesus já está connosco para sempre até à consumação dos séculos, mas ano após ano somos chamados à vigilância para que tudo em nós vibre à passagem de mais um aniversário do seu nascimento,na carne e no sangue, como nós e que o sigamos " passando fazendo o bem" como Ele. 
Sim, essa vibração manifesta-se no nosso interior, onde Deus é mais intimo que nós mesmos (S.Agostinho) e nos faz traduzir a alegria de nos ter nascido um Salvador, em actos concretos de bem-fazer,de partilha e solidariedade, que não fiquem restritos à época.
(já tem uns anitos esta reflexão, mas continua actual)

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Advento...


Tudo é movimento….na espera do Messias…
Os magos partem das suas terras em seguimento de uma estrela indicadora…

Os pastores procuram as pastagens melhores para o seu gado, onde vão ser surpreendidos pelo coral de mensageiros…
O Baptista percorre o deserto a preparar os caminhos, chamando à conversão…
Maria e José largam a sua Galileia, na direcção de Belém.
O Cosmos prepara-se para a grande noite onde Deus se faz vizinho dos homens…a noite mais longa do ano do nosso hemisfério toma proporções inesperadas.
Tudo é canto…tudo é luz..tudo se move em direcção à casa do pão ” as colinas saltam como cordeiros”.
O nosso coração move-se em direcção ao “Menino que nos é dado, ao Filho que nos nasceu” … e sente mais agudamente as vezes em que não atendeu, que não entendeu a mão que se estendia e que não era outra senão a Daquele Menino, que sempre nos procura hoje , amanhã, aqui, além, de muitas formas, em muitos tempos…
MJB
imagem da net

domingo, 5 de novembro de 2017

Jesus

Diante de tantas confusões e perguntas sem respostas... Só há uma solução para sua vida JESUS CRISTO! Ele é o caminho, a verdade e a vida!

Colhido num blog

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

O Mandamento Novo...

O mandamento novo, já não do Levítico, mas do próprio Cristo: "amar como Ele nos amou" fazem aparecer não as comunidades dos essénios na sua separação completa do mundo, mas comunidades  de partilha, de entreajuda, de socorro espiritual e físico dentro e fora de portas:as comunidades da Igreja dos Actos.




sábado, 30 de setembro de 2017

O mandamento do Amor...

O mandamento do amor é a única segurança

Escrito em 1989...confirmado até hoje.

O Espírito de Deus, a sua própria energia mexe com os homens e o ambiente com o objectivo de os levar à verdadeira libertação, à mais radical e vasta comunhão.

Assim sempre que um homem ou um grupo deles, seja de que quadrante for, entra nesta aventura, o Espírito está em acção e se manifesta, produzindo segurança, bem estar, relações confiantes e estáveis.

Todos os atrasos, neste caminho, provocam disfunções,quebras na paz, retornos malévolos da natureza agredida.

Os homens cada vez mais tomam conhecimento dos seus direitos, e a um nível cada vez mais planetário não desistem de os alcançar com os meios melhores ou piores, de que podem dispor. A única segurança dos que já os exercem está em assegura-los, sem descriminação a todos.


O "ama ao próximo como a ti mesmo" tornou-se meta de sobrevivência.

Van Gogh

A multiplicação de muros em lugar da multiplicação do amor irá fazer dos países fortalezas medievais, sem futuro.